segunda-feira, 31 de março de 2014

Rebelião no Presídio de Catolé do Rocha, deixa o saldo de um detento morto; Apenado teve a sua cabeça 'cortada' do corpo; Imagem forte

Uma rebelião que teve-se início na tarde deste domingo (30), no Presídio de Catolé do Rocha, Alto Sertão da Paraíba, teve o seu término por volta das 17h00 após acordo realizado com a Polícia, através de guarnições do BOPE E GPOE.

De acordo com informações, às 16h45, os detentos permitiram a entrada dos representantes da imprensa naquela unidade prisional, além da Pastoral Carcerária, representada por pastores evangélicos de diferentes igrejas, os quais negociaram com os detentos, dando fim no motim.

Após por ordem no local, uma equipe do IPC (Instituto de Polícia Científica), foi solicitada a comparecer no interior do Presídio, aonde constatou a morte de um detento, identificado como Bruno da Silva Azevedo, 29 anos, natural da cidade de Campina Grande.

O mesmo, morreu degolado, e teve um dos seus membros superiores quase que decepado.

Bruno foi morto com requintes de crueldade, uma vez que a sua cabeça foi 'decepada' pelos outros detentos, os quais deixaram-a próximo do seu corpo, chocando à todos que viram aquela cena.


Com o fim da rebelião, vários detentos foram transferidos daquela unidade prisional, para Presídios de Campina Grande e João Pessoa, confira os nomes:

Walter Leodegário
Paulo Cesar Cabral
Antônio Marcos Campos
Fabiano Quintino Pereira
Jean Carlos de Lima da Silva
Josimar Gomes Barbosa
Andriz Araújo
Tiago Leandro
José Emerson
Gerson Ferreira


Além de assassinarem o detento Bruno, os outros apenados destruíram várias celas e paredes do Presídio de Catolé do Rocha, danificando várias instalões e objetos por onde ocorreu a rebelião.


Tacima Oficial
fotos: catolenews e blogseridoacontece

Nenhum comentário:

Postar um comentário